Nossa missão

"Busca constante da informação para satisfação de seus usuários"

terça-feira, 15 de maio de 2018

Workshop ORCiD na USP Pirassununga foi um sucesso!

No último dia 08 de maio, tivemos na FZEA o Workshop ORCiD. Cerca de 40 pessoas estiveram presentes, entre graduandos, pós-graduandos, funcionários e docentes, da FZEA e da FMVZ.


A Dra. Elisabeth Dudziak, Chefe da Divisão de Gestão de Desenvolvimento e Inovação do DT/SIBi/USP, ministrou o treinamento de forma brilhante, falando da importância de toda comunidade USP possuir o identificador ORCiD. A ministrante convidou o Prof. Sérgio David, que não possuía o identificador, a criar e preencher seu perfil, em tempo real, diante de todos os presentes, para que todos pudessem acompanhar passo-a-passo todas as telas de preenchimento.


Agradecemos a disponibilidade da Dra. Elisabeth, em vir até a nossa Unidade ministrar essa importante capacitação. Em breve mais novidades! A equipe da Biblioteca Central da FZEA já está planejando novos treinamentos e workshops para a comunidade Uspiana de Pirassununga. Aguardem!



quarta-feira, 2 de maio de 2018

Workshop ORCiD na FZEA-USP


Sistema Integrado de Bibliotecas da USP, a Biblioteca da FZEA e a ORCID convidam para o Workshop ORCiD na FZEA-USP. Será dia 08 de maio, das 10h às 12h30, no Anfiteatro do BDNA, Departamento de Zootecnia.

ORCiD (Open Researcher and Contributor ID) é um identificador digital internacional gratuito, único capaz de integrar-se a outros identificadores (ResearcherID, ScopusID, GoogleID), e projetado para facilitar a troca de informações entre o pesquisador, as agências de financiamento, universidades e editoras, proporcionando também maior visibilidade das atividades e publicações. Nesse sentido, é muito importante que todos os pesquisadores mantenham o registro ORCiD. 

Recentemente, instituições como a CAPES e revistas internacionais como a Nature passaram a exigir o registro ORCiD em alguns de seus processos. Em breve, isso também vai acontecer na Universidade de São Paulo.

Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, em parceria com o SIBiUSP, tem promovido o uso do identificador ORCiD entre seus pesquisadores (docentes, estudantes e servidores não docentes). Como membro institucional da ORCID, a USP tem a prerrogativa de coletar e futuramente validar os registros de sua comunidade, desde que o próprio usuário vincule seu registro por meio do link: http://www.usp.br/orcid.


segunda-feira, 26 de março de 2018

Plano de Gestão de Dados

O Plano de Gestão de Dados (PGD) descreve que dados serão coletados ou gerados; quais as metodologias e padrões que serão utilizados nesses processos; se, como e sob que condições esses dados serão compartilhados e/ou tornados abertos para a comunidade de pesquisa; e como eles serão curados e preservados. 


O que é um Plano de Gestão de Dados (PGD)
É um texto de até duas páginas, contendo as seguintes informações:
  • Descrição dos dados e metadados produzidos pelo projeto – por exemplo, amostras, registros de coleta, formulários, modelos, resultados experimentais, software, gráficos, mapas, vídeos, planilhas, gravações de áudio, bancos de dados, material didático e outros.
  • Quando aplicável, restrições legais ou éticas para compartilhamento de tais dados, políticas para garantir a privacidade, confidencialidade, segurança, propriedade intelectual e outros.
  • Política de preservação e compartilhamento (por exemplo, compartilhamento imediato ou apenas após a aceitação da publicação associada). Período de carência (antes do compartilhamento) e período durante o qual os dados serão preservados e disponibilizados.
  • Descrição de mecanismos, formatos e padrões para armazenar tais itens de forma a torná-los acessíveis por terceiros. Esta descrição pode incluir o uso de repositórios e serviços de outras instituições. Fonte: FAPESP . Leia mais em: http://www.sibi.usp.br/apoio-pesquisador/dados-pesquisa/plano-gestao-dados-2/ 

terça-feira, 13 de março de 2018

Biblioteca da FZEA dá boas-vindas aos ingressantes 2018

Na semana de 26/02 a 02/03 a USP promoveu a Semana de Recepção aos Calouros 2018.

A Biblioteca da FZEA-USP recebeu os ingressantes dos 5 cursos de Graduação da Unidade, dando as boas-vindas do lado externo do prédio e em seguida fazendo a visita monitorada onde conheceram o acervo, áreas de estudo e toda a infraestrutura.



Cerca de 260 novos alunos passaram pela Biblioteca, separados por curso, durante toda a semana e puderam conhecer esse espaço de leitura, estudo, pesquisa e entretenimento. Calouros, sejam bem-vindos!!!
 

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Edusp faz doação de livros à Biblioteca Municipal de Pirassununga



Na data de ontem, 1º fevereiro de 2018, a Biblioteca Municipal de Pirassununga “Chico Mestre” recebeu a doação de uma coleção de livros da Edusp (Editora da Universidade de São Paulo) com 73 volumes.

Trata-se de uma ação de apoio aos acervos das bibliotecas públicas municipais das cidades onde há campus da USP. Essa ação será contínua! A Biblioteca Municipal de Pirassununga poderá solicitar doação à Edusp à medida que novos livros forem publicados.


O Secretário Municipal de Cultura e Turismo de Pirassununga, Sr. Roberto Bragagnolo, esteve presente na Biblioteca Municipal “Chico Mestre”, junto da bibliotecária Tábita  e do bibliotecário Girlei Lima, da FZEA-USP, para receber a doação destas importantes obras bibliográficas para muito contribuirão para o acervo da biblioteca local.