Nossa missão

"Busca constante da informação para satisfação de seus usuários"

terça-feira, 24 de março de 2020

Ensino a distância é nova realidade para professores de graduação da USP

Docentes da Universidade contam com plataformas para organização dos cursos e produção de vídeo-aulas; frequência dos alunos será computada no ambiente virtual.

 

A suspensão das atividades acadêmicas presenciais nos campi da Universidade de São Paulo (USP), frente à disseminação do coronavírus, colocou quase 60 mil estudantes de graduação da instituição diante do desafio de novas formas de aprendizagem. A educação a distância, que na maioria das instituições de ensino superior se dá por meio de ambientes virtuais de aprendizagem, pode substituir temporariamente as aulas presenciais pelo prazo inicial de 30 dias,  conforme a portaria número 343, publicada no dia 17 de março pelo Ministério da Educação (MEC).


Para garantir a qualidade do ensino nos diversos cursos de graduação da USP, os professores da Universidade contam com duas plataformas de ensino a distância mantidas e gerenciadas pela pela Pró-Reitoria de Graduação, com apoio da Superintendência de Tecnologia da Informação. São os sistemas e-Disciplinas, que controla desde a organização das turmas até a avaliação on-line, e o e-Aulas, para publicação de aulas em formato de vídeo. Ferramentas como essas já vinham fazendo parte, em anos anteriores, de oficinas para professores realizadas pela Universidade, por meio do Programa de Desenvolvimento Docente.

 
Clique aqui e leia a matéria completa:


 


 

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

2019 consagrou a USP como a melhor universidade da América Latina

Em 2019, a Universidade apresentou desempenho significativo nos rankings nacionais e internacionais que avaliam a qualidade das instituições de ensino superior sob vários aspectos. Líder na América Latina e na Ibero-América, a USP também teve seus cursos e seus pesquisadores reconhecidos entre os mais influentes do mundo.